Península Valdés

19º Dia - 29/10/2015 - Península Valdés 400km



Já vou avisando, é um passeio muito legal, com oportunidade de cruzar com vários animais soltos pelo caminho! Para quem tiver crianças, recomendo mais ainda!
 
Bem, o Hostel El Gualicho é bem simples, porém bem confortável, com um clima muito agradável, nos sentimos acolhidos, somente o café da manhã que é sofrível, mas, a cozinha é aberta e você pode levar algumas coisas para complementar.
 
Como podem perceber no mapa abaixo as distâncias para chegar e percorrer a Península Valdés são longas. Saindo de Puerto Madryn, ao norte, pela Ruta 02 são 65km até a entrada do parque, onde tem o centro de visitantes e onde é cobrada a entrada. Dali são mais 25km até Puerto Piramides, pequena cidade com restaurantes, hotéis, combustível e saídas dos passeios para ver as baleias (de setembro a abril). Da cidade até a Punta Norte são mais 80km, do norte ao sul, na Punta Delgada, são mais 90km e o retorno à cidade são mais 70km. Caso você não queira ir até o sul tem o opção de voltar do meio do caminho, em Punta Cantor, nesse caso são 47km do norte ao meio, mais 33km até o retorno da ruta inicial e mais 42km até a cidade.



A estrada!
Até Puerto Piramides é asfalto, depois todo o contorno da península é por estrada de rípio, largas e de ótima qualidade, onde você consegue manter um boa velocidade, porém muito cuidado, o rípio é traiçoeiro, você vai pegando confiança e quando vê, passa dos 100km/h. E, é, aí que mora o perigo, aconteceu conosco, quase capotamos o carro, por excesso de confiança, fomos pegando velocidade e quando vimos o carro se desgovernou no rípio, por sorte e "braço" do meu marido, conseguímos parar em uma manobra brusca que poderia ter tombado o carro. Uffaaa 






Nós saímos de centro de visitantes e seguimos em direção a Puerto Piramides. Antes de chegar na cidade tem uma placa indicando a Loberia Punta Piramides, são mais 5km de estrada de terra, não imagino como ficaria caso estivesse chovendo. Do estacionamento há acesso por escadas e passarelas para vários mirantes, um mais lindo que o outro, e foi nesse momento que tivemos o primeiro contato com os lobos marinhos. 






 

Na volta antes de chegar na cidade, ainda paramos num mirante onde pode-se ver as baleias, caso você possua um binóculo, meu marido conseguiu avistar uma, eu, já não tive a mesma sorte. Mas não fiquei preocupada, afinal nossa ideia era fazer o passeio de barco para avistar as baleias. 
 


Assim que chegamos em Puerto Piramides, que é a cidade (não confundir com a Punta Piramides que é Loberia), fomos nas agências para ver os horários de saída dos passeios, e qual foi minha frustração quando soube que o porto estava fechando, devido aos ventos fortes, e sem previsão para abrir... :( Fiquei muito chateada, afinal estava muito ansiosa pelo passeio, dizem que é incrível, que os barcos ficam ao lado das baleias e seus filhotes! O passeio custa bem caro, quando fomos, em 2015, estava em média R$170,00. 

Resolvamos ir almoçar para ver se nesse tempo o porto reabria. Há várias opções de restaurantes por lá, são bem interessantes. Eu optei por um perto do mar, a vista era bonita. Almoçamos "guizo de lentejas", (sopa de lentilhas) que estava maravilhosa!

Voltamos na agência e nada do porto abrir. Bom tínhamos duas opções, ou passaríamos a tarde esperando, e correndo o risco de não abrir, ou partíamos para conhecer a península. Optamos pela segunda opção, já que poderíamos ficar sem ver nada, seria nosso único dia na península. 
 
Perto das 13h colocamos o pé na estrada, rumo à Punta Norte, não antes de abastecer, não esqueçam! O passeio é muito agradável, com vários animais no caminho, nesse trecho principalmente ovelhas e guanacos. A estrada tem um movimento razoável.
 
Na Punta Norte é o local das orcas, elefantes e leões marinhos. Infelizmente as orcas não vimos, mas tinham muitos elefantes e leões marinhos! Em todas as puntas tem um centro de informações, banheiros e restaurantes.




Em seguida, em direção a Punta Cantor, costeando a Caleta Valés encontramos mais animais, Choiques (emas), Zoro Gris (espécie de raposa), guanacos, ovelhas, coelhos e pinguins, bem de pertinho!





Como já estava meio tarde, perto das 17h, resolvemos começar o caminho de volta, pelo meio do caminho, em Punta Cantor pegamos a estrada que corta a península ao meio, sem ir até a Punta Delgada, ao sul, não teríamos tempo. Bom ficou brecha para outra viagem! \o/ \o/ \o/

Quando retornamos à Puerto Pirâmides, o barco, que acabou saindo no meio da tarde para ver as baleias, estava voltando. :( Nem quis saber como foi o passeio! Bom mais um forte motivo para  à Península Valdés!

Obs: Deve ser muito bom dormir em Punta Pirâmides, a cidade é uma graça e cheia de atrativos, principalmente aos jovens! Ficando, nesse caso, bem mais próximo para fazer os passeios!

Gostamos muito do passeio, é lindo e muito interessante, principalmente para quem gosta de animais! 

 







Postagens mais visitadas deste blog

Porto Alegre – Mendoza – Santiago – Deserto do Atacama – DE CARRO!

Patagônia de carro!

Torres del Paine